Aprenda de uma vez a usar a crase

Postado por Admincursos | 13 de outubro de 2014 | Deixe aqui seru comentário

Aprenda de uma vez a usar a crase

Aprenda, em 5 minutos, as dicas necessárias para passar a usar corretamente a crase. Chegou a hora de acabar com essa dúvida!

Crase é a junção de duas vogais iguais. Mas dizer isso não basta. Surgem depois as perguntas:

Quais vogais?
Quando posso fazer isso?
E quando tiver dúvidas?

Vamos pegar cada questão e responder, tirando todas as dúvidas.

Quais as vogais?

As vogais, no alfabeto português são 5: a e i o u. Mas para a case apenas vamos juntar a vogal “a” com ela própria. Ou seja, quase que se pode corrigir a definição de case para: é a junção de um “a” com outro “a”. Mas esta é apenas uma forma mais simples para nos ajudar a aprender, certo?

Quando posso juntar as vogais “a”?

Sempre que há a necessidade de usar um “a” preposição com um “a” artigo definido. Este caso usa-se apenas quando o sujeito é do género feminino. Um truque, para termos a certeza que usamos corretamente, é substituir o sujeito por outro de género masculino. Vamos a exemplos que fica mais fácil.
Vamos usar a frase: Vou ao restaurante.

Agora vamos substituir a palavra “restaurante” popela palavra “escola”.
Pare de ler e escreva agora num papel a forma mais correta da frase com essa substituição.

Já está?
Agora confira:
Vou à escola.

Acertou? A sua frase ficou igual a esta?

Parabéns! Você acabou de aplicar a case de forma correta.
Neste caso juntamos o “a” artigo com o “a” preposição e para mostrar essa junção colocamos o acento grave no “a”, ficando “à”.

Vale também lembrar aqui que sempre que nos referimos a horas, usa-se a case, assim como também é usada nas locuções. Vamos ver os exemplos, fica mais fácil:

Saí às 17 horas.

Vou a tua casa à noite.

Esta forma de case que acabou de aprender é a mais comum.

Vamos ver agora outra forma de case, aquela em que se junta a preposição com um pronome demonstrativo. A forma de o fazer é a mesma. Une-se os dois “a” e acrescenta-se o acento, tal como no caso anterior. Os pronomes demonstrativos que admitem case são:

aquele,
aquela,
aqueles,
aquelas,
aquilo.

A case ocorre com estes pronomes demonstrativos sempre que a palavra antecedente exigir a preposição “a”.
Vamos ver os exemplos:

Eu fui àquele supermercado.

Na frase acima pode constar que “Eu fui…” pede a preposição “a”. O mesmo é dizer que eu fui a algum lugar. Esse lugar é específico, daí estar a usar um pronome demonstrativo: aquele. Assim uso a case para juntar “a” preposição com “aquele” pronome demonstrativo, originando “àquele”.

E quando tiver dúvidas?
Guarde esta página nos favoritos para referência futura. Assim, se por acaso surgir alguma dívida de aplicação de case basta voltar aqui e esclarecer.

Conheça em nosso site Cursos que ajudarão você a ficar fera na Escrita e Redação. Matricule-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *