Como ter um relacionamento interpessoal no trabalho

Postado por Admincursos | 16 de fevereiro de 2017 | Deixe aqui seru comentário

Como ter um relacionamento interpessoal no trabalho

A tarefa é complexa, porém essencial para atingir objetivos no disputado mercado de trabalho. Você pode trabalhá-la para chegar lá

Relacionamento é algo que envolve mais de uma pessoa e por este motivo pode ser tão complexo, principalmente no mundo corporativo. São diversos profissionais com diferentes trajetórias e habilidades convivendo em busca de resultados para a empresa e melhores oportunidades para si mesmo, mas é possível estabelecer relações conexões positivas para todos. E é justamente isso que é o chamado “relacionamento interpessoal”.

Desenvolver habilidades de percepção, convívio social, liderança, etiqueta e carisma vão ajudar a aperfeiçoar o seu marketing pessoal. Somadas, este conjunto de características é capaz de agregar valor a si mesmo por meio de observações, expectativas e comportamentos adequado ao local onde você trabalha.

Este tipo de marketing leva em consideração todos os envolvidos com o seu cargo, com a empresa e com o mercado de trabalho. É por isso que você deve garantir o bom relacionamento interpessoal com seus colegas, líderes, donos do negócio, clientes, fornecedores, concorrentes e stakeholders que podem auxiliar em sua carreira, como consultores, professores e outras referência da área.

Realizando um bom trabalho de marketing, você perceberá que muitas portas vão se abrir, e uma vez que você se relaciona devidamente com quem pode auxiliar a atingir seus sonhos, você chegará lá. No entanto, tome cuidado, pois o marketing de relacionamento é bem diferente de ser conhecido como o “puxa-saco” da equipe, perfil que não é bem visto por ninguém! Este tipo de habilidade deve ser praticada diariamente de forma quase imperceptível e oportuna para garantir o sucesso.

POR ONDE COMEÇAR

Você não vai querer falhar na hora de realizar o seu marketing de relacionamento, pois diferentemente de um produto que não teve boa aceitação, mas que pode ser adaptado e relançado para o mercado, é quase impossível reverter a situação da sua imagem. No mundo do trabalho, a primeira impressão é muito importante e a prática diária é ainda mais.

Para trabalhar o relacionamento interpessoal de forma efetiva, você deve ter uma meta: uma promoção, um novo emprego, uma recolocação no mercado, o sonho de empreender ou simplesmente uma melhoria do ambiente profissional são ótimas motivações. Uma vez definida, você poderá se esforçar direcionado justamente para cumpri-la.

Outra necessidade para desenvolver esta competência é conhecer a si mesmo, os pontos fortes e também os pontos fracos. Comece a melhorar o que precisa e a apostar ainda mais naquilo que você já faz bem para se destacar. Dessa forma, você pode estabelecer um valor único e iniciar uma estratégia de publicidade pessoal. Tome cuidado para manter a naturalidade e compatibilidade com seu perfil profissional para não ser interpretado negativamente.

Algumas características são essenciais para o seu próprio marketing, e elas precisam estar alinhadas a sua ocupação. Além disso, o atual momento do mercado de trabalho exige capacidades específicas, como:

EMPATIA

Ela vai muito além de se colocar no lugar do outro. A empatia é sinônimo de extrair o que há de melhor nos colegas de profissão e respeitar as suas dificuldades, elevando a confiança, a cumplicidade, o comprometimento e o engajamento de todos.

COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL

Adaptar o discurso, realizar abordagens de forma positiva, falar mais sobre si mesmo e ficar atento a feedbacks são formas de estabelecer uma conexão adequada para cumprir com os objetivos da empresa e de instituições ligadas a ela.

TOLERÂNCIA

Com a diversidade finalmente atingindo o ambiente corporativo, é necessário ser tolerante para lidar com colegas com quem você não se identifica. Personalidades e experiências diferentes só têm a acrescentar para o seu local de trabalho.

INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

A habilidade de perceber e administrar as próprias emoções e também as emoções dos outros é essencial para o comportamento, a tomada de decisões e a interação social. A inteligência emocional é capaz, ainda, de tornar o profissional mais persistente, motivado e autoconfiante.

RESILIÊNCIA

É necessária para encarar a competição e a pressão do mercado de trabalho ao aprimorar a capacidade de agir em situações adversas e de tomar decisões, principalmente em momentos de crise.

O RELACIONAMENTO NA PRÁTICA

Na rotina, há algumas formas de incorporar pequenas atitudes que vão evidenciar o seu marketing de relacionamento pessoal perante os seus colegas. Veja a seguir como fazer e lembre-se: cuidado para não exagerar!

- Cultive relacionamentos saudáveis que não estejam associados a competições. Convide os colegas a fazerem o mesmo, estimulando a colaboração e a coparticipação na sua equipe.

- Conheça seus colegas para além da mesa de trabalho. Descubra as características e as personalidades das pessoas que trabalham com você para identificar a melhor forma de lidar com cada um individualmente ou em grupo.

- Seja interessado e respeitoso. A partir das informações que você possui sobre os demais profissionais, pergunte sobre o status de uma tarefa e ofereça ajuda, mas também questione sobre a sua saúde, os filhos ou os planos para as férias, mas sem ser invasivo e inconveniente.

- Auxilie na mediação dos conflitos. Fique atento ao comportamento dos seus colegas para prever desentendimentos e tente remediar o mais cedo possível. Se for necessário, alerte os superiores e peça ajuda.

- Promova o bem-estar onde você estiver. Proativamente, sugira formas de deixar a equipe mentalmente sadia e bem-disposta para o trabalho. Você pode combinar um café da manhã ou uma sessão de palestra com um especialista, desde que os gestores autorizem a prática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *