Como Ir Para Outra Área No Meu Trabalho?

Postado por Admincursos | 30 de março de 2017 | Deixe aqui seru comentário

Como Ir Para Outra Área No Meu Trabalho?

Para ter satisfação no trabalho, pode ser que você tenha que tentar algo completamente novo

Não é só você. Trabalhar por muito tempo na mesma função ou em um cargo que você não tem muita afinidade realmente cansa, causa frustração e pode começar a afetar o seu rendimento. Quando isso acontecer, é chegada a hora de fazer uma transição profissional.

A falta de estímulo é extremamente maléfica para a sua carreira. Um funcionário desestimulado começa a fazer entregas de baixa qualidade, colocando em risco a própria integridade profissional para outras oportunidades. Você provavelmente não receberá um aumento ou uma promoção, sequer um feedback positivo ou uma recomendação enquanto continuar na mesma situação.

Ao não ter incentivo, o colaborador também começa a causar prejuízos para a companhia. Você começa a executar as suas tarefas de forma automática e desatenta, deixa passar algum erro que compromete a entrega e não se esforça para tentar conquistar fornecedores e clientes.

Para obter mais satisfação no trabalho, primeiro você vai precisar reconhecer que não está realizado na atual posição. Os sintomas podem se manifestar de diversas formas, depende de trabalhador para trabalhador, mas os mais comuns são aquela sensação de acordar mal-humorado, procrastinar ao máximo as tarefas do dia, deixar de entregar materiais importante no prazo e perder a paciência com os colegas, com o chefe ou com o cliente.

Antes da situação descrita acima ocorrer com frequência ou ser capaz de causar um grande estrago, reflita: o que você deseja? Não deixe a sua idade, posição, reconhecimento financeiro ou comodidade influenciarem na sua realização profissional.

Muitas vezes, a mudança que você busca pode estar fora da sua rotina de trabalho, como uma remuneração superior, um curso de especialização ou um horário mais flexível, que pode ou não ser resolvida com uma conversa com os gestores, com o RH ou com um planejamento financeiro. Entretanto, se você realmente busca uma mudança na sua área de atuação, é melhor se preparar, pois esse caminho pode ser duro.

ÁREAS CORRELATAS

Uma transição de carreira para uma área correlata àquela que você já atua pode ser mais fácil de acontecer, principalmente se você tem vontade de permanecer na empresa. Ela acontece quando, por exemplo, um funcionário do departamento financeiro responsável pelas contas a pagar decide optar pelos recebimentos, ou quando esse mesmo colaborador deseja fazer parte do time de recursos humanos.

Geralmente, as áreas que trabalham de forma mais próxima têm mais chances de causar interesse pela transição. Em uma agência de comunicação, por exemplo, a equipe que cuida da compra de mídia costuma ser muito integrada com o time de conteúdo, o que pode aspirar a mudança entre as áreas.

Se você é um profissional versátil, com vontade de fazer a diferença e bastante comprometido, a falta de qualificação e de experiência pode nem ser um empecilho. Talvez você sinta um abalo nas suas competências, autoconfiança e até mesmo na estabilidade financeira até conseguir se destacar na nova área de trabalho.

MUDANÇA COMPLETA

Se você deseja transformar completamente a sua carreira, você provavelmente vai ter que abrir mão do seu atual emprego. Se o departamento de recursos humanos for muito ativo e promover o intercâmbio entre as áreas e você já tiver experiência no novo interesse, pode ser que você até consiga se manter no local, desde que haja uma vaga, um profissional disponível para executar o seu treinamento e assim por diante.

Agora, pense na seguinte situação: você trabalha em uma empresa farmacêutica e resolveu, depois de ponderar muito, que tem como objetivo profissional sem um renomado chef de cozinha. Nesse caso, você só será bem-sucedido se se desvincular da antiga companhia e buscar uma oportunidade em hotéis, buffets ou restaurantes, ou então se tornar um empreendedor e abrir o seu próprio negócio.

O empreendedorismo, aliás, tem sido um caminho muito procurado por quem quer mudar de área. Não faltam histórias de empreendedores que estavam descontentes em seus antigos empregos e decidiram criar a própria empresa de forma a preencher essa lacuna profissional. Para conseguir se satisfazer dessa forma, pode ser necessário estudar mais ou realizar um grande investimento, o que vai exigir muito planejamento antes de arriscar a sua carreira.

CONVERSANDO COM O CHEFE

Antes de conseguir realizar o seu sonho e fazer a transição de carreira, você vai ter que conversar com o seu gestor. Pode ser até que você já tenha comentado ou tentado introduzir o assunto em outras ocasiões, mas é essencial que você dê esse passo quando estiver definitivamente certo e tiver pensado em uma boa estratégia para propor.

O mais importante dessa conversa é expor que a sua decisão é baseada em um desejo profissional. Mostre para o seu gestor que você tem buscado informações sobre o novo assunto e que está ansioso para assumir novas responsabilidades, principalmente se a sua intenção é a de permanecer na mesma empresa.

Se você está focado em perseguir o seu sonho o mais rápido possível, sem importar aonde ele vai se realizar, avalie se esse é o momento de pedir demissão ou tentar um acordo. Nesse caso, deixe claro para o seu chefe quais são os seus planos a partir de agora, quais foram as suas motivações e agradeça pela oportunidade concedida até então. Essa atitude de se importar com a justificativa com certeza deixará as portas da empresa aberta caso você, um dia, decida retornar para a área em que tudo começou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *