CINCO DICAS SOBRE AS NOVAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS

Postado por Admincursos | 25 de maio de 2017 | Deixe aqui seru comentário

CINCO DICAS SOBRE AS NOVAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS

Antes começar a empreender, é preciso de muito aprendizado

Pode ser desde a realização de um sonho até uma necessidade de sobrevivência, mas as novas oportunidades de empreender estão com tudo nos últimos anos. Só quem é o dono do próprio negócio sabe que essa realidade é muito mais difícil do que parece, e que não é possível chegar lá sem um pouco de orientação.

Uma boa parte desse crescimento se deve ao desenvolvimento de novas tecnologias, ao surgimento de novos modelos de negócios e à tentativa de driblar o desemprego ocasionado pela retração econômica. Os empreendedores que estão aproveitando essas oportunidades têm mais chances de se dar bem no momento de recuperação do Brasil, pois, ao contrário do que se pensa, mais crise não significa menos empreendedorismo.

A maioria dos empreendedores brasileiros tem entre 25 e 34 anos, embora a faixa etária de 55 a 64 anos seja representativa. Ou seja, a geração mais nova está chegando agora às universidades e representa apenas 13% dos empreendedores do país. A maioria deles não possui sólida base teórica, e, mesmo assim, tem mostrado que é possível tocar um negócio bem-sucedido.

Entretanto, estudar, pelo menos um pouco com um curso de empreendedorismo, é essencial para o empreendedor. Um terço das novas empresas fecham em apenas dois anos no Brasil, frequentemente por motivos que podem ser evitados, como falta de planejamento, de gestão e de capacitação dos donos.

Por aqui, devido a menor necessidade de capital e a um retorno mais rápido dos investimentos, 69% dos novos empreendimentos são do setor de serviços orientados para o consumidor. O “efeito Uber” permitiu que diversas plataformas fossem criadas com o objetivo de atender às necessidades dos usuários, desde chamar um encanador até encontrar um goleiro para a partida de futebol.

Para entrar na onda do empreendedorismo digital com as chamadas startups e se dar bem, não existe fórmula mágica. A seguir, descubra algumas boas práticas para começar e manter o seu próprio negócio, mas lembre-se: embora cursos, conselhos de empreendedores experientes e aprendizados pessoais possam ajudar a consolidar uma empresa, o seu negócio depende totalmente da sua visão, ética e decisões.

FIQUE CONECTADO

Hoje em dia, as novidades chegam primeiro a Internet, e, para empreender, é preciso inovar e se reinventar. É por isso que empreendedores digitais estão sempre conectados ao celular e carregando notebooks ou tablets, de olho nas redes sociais, em grupos de discussão, nos principais portais do ramo e nas notícias diárias. Nesses espaços, busque por soluções que podem melhorar seu produto, ajudar a reter e conquistar clientes, tornar a empresa menos burocrática, a poupar dinheiro e a organizar o seu tempo.

NÃO PARE NO TEMPO

A evolução e o aprimoramento são fatores essenciais para o mundo digital. Por isso, se você começou a sua ideia com uma ferramenta gratuita e percebeu que as pessoas gostaram, melhore. Teve mais adesão? É hora de profissionalizar. A grande vantagem do online é que sites, aplicativos e plataformas sempre podem mudar, ao contrário de uma loja física, por exemplo. Implante melhorias de forma contínua! Isso vale também para o seu planejamento, modelo de negócio, equipe de trabalho, equipamentos e todo o resto.

PROCURE BONS EXEMPLOS

Encontrar mentores com experiência para guiar o empreendedor com suas principais dificuldades fará a diferença para a subsistência de um empreendimento. Incubadoras, fundos de investimentos e aceleradoras podem ajudar a dar conta do recado, mas você terá muito trabalho para conquistar a atenção e garantir a confiança no seu negócio. Um meio complementar de mentoria é formando uma rede de networking de sucesso com sócios, parceiros, clientes e outros stakeholders do seu ciclo.

FAÇA A DIVULGAÇÃO

Se você não aparecer para o seu público alvo nos canais que ele mais usa, ele não saberá que você existe. Você deve garantir que as pessoas certas conheçam a sua empresa para fazer negócio, seja agora ou daqui a algum tempo. Por isso, se o seu público está no Instagram, marque presença por lá. Se ele lê um jornal de negócios, apareça nas páginas. Avalie a contratação de agências de comunicação e marketing para um trabalho inteligente com estratégias certeiras para converter os usuários.

CONTROLE OS GASTOS

O início de um novo negócio costuma ser um período financeiramente complicado, então, já comece economizando. Vale mais a pena garantir a rentabilidade do que o crescimento nesse primeiro momento, então, analise a necessidade de cada gasto e dispensa os serviços supérfluos. Se você ainda não pode arcar com equipamentos de ponta, comece com o que você tem e vá aperfeiçoando com o tempo. Além disso, saiba separar as suas despesas pessoais das despesas da empresa, pois, se o seu custo de vida aumenta, você prejudica o caixa fazendo mais retiradas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *