Vendas por Instagram e Facebook estão em alta

Postado por Admincursos | 23 de junho de 2017 | Deixe aqui seru comentário

Vendas por Instagram e Facebook estão em alta

Vender pelas redes sociais é um bom negócio, desde que você saiba o que está fazendo

As vendas nas lojas virtuais já estão com tudo há alguns anos, mas, com a popularização das redes sociais, também é possível vender ao mesmo tempo em que se disponibiliza conteúdo e se interage com os compradores.

Atualmente, existem lojas famosas e até mesmo de grife que não possuem sequer site ou uma unidade física! Elas apostam exclusivamente nos usuários das redes sociais como Facebook e Instagram para disponibilizar os seus produtos e/ou serviços e gerar lucro, e fazem isso com muita técnica, qualidade e sucesso.

O Facebook, dono da rede social de mesmo nome e também do Instagram, vem apostando nesse recurso para estimular a geração de negócios, já que cada vez mais as empresas estão presentes no mundo virtual. E de acordo com pesquisa do Instituto Ipsos, apenas no Facebook, 3 em cada 5 brasileiros interagem com as marcas por meio da rede social!

Esse cenário de usuários e empresas heavy users das mídias sociais permitiu o surgimento desse tipo de e-commerce. O funcionamento dessas lojas é muito parecido com o de um app, seja no PC ou no mobile: o cliente que se interessou pelo produto não precisa deixar o ambiente da rede social para fazer compra, facilitando o processo e deixando-o mais suscetível a realizar a transação, pois também é possível realizar o pagamento dentro do Facebook ou do Instagram.

Os novos canais de venda também têm chamado a atenção dos vendedores, devido ao baixo custo de implementação da loja e a rapidez em que é possível fazer isso. Também é possível desenvolver mais de uma estratégia para fechar negócios, como ações pontuais para a edição limitada de um produto, por exemplo, ao invés de colocar todo o catálogo na rede.

Se você se interessou em ofertar seus produtos nas redes sociais favoritas dos seus clientes, é melhor estar preparado. Embora as chances de obter lucro sejam grandes, é essencial conhecer muito bem essa moderna técnica de vendas, pois existem várias formas de inaugurar e dar continuidade para a sua loja no Facebook e no Instagram:

Faça um curso de marketing digital

O curso é essencial para que você possa se familiarizar com a nova cultura digital, entender seus consumidores e descobrir técnicas qualitativas e quantitativas de vendas na internet. E o mais importante ao realizar esse tipo de curso é que você aprenderá a planejar e executar uma estratégia eficiente de vendas não apenas no Facebook e no Instagram, mas também em sites, blogs e aplicativos.

Conheça as possibilidades

Cada rede social possui algumas especificidades em suas ferramentas de venda. O Facebook, por exemplo, permite que as lojas sejam criadas na página inicial da marca, mas também podem ser acessadas no app do Messenger. Em grupos, também é possível adicionar um post já com a opção de compra. Já no Instagram por exemplo, as opções são um pouco mais limitadas, pois a rede não permite o compartilhamento de hiperlinks, mas possui outras funções para potencializar as vendas.

Contrate um sistema de e-commerce

Existem empresas especializadas em montar e administrar o funcionamento de lojas online, inclusive no Facebook e no Instagram. Se você encontrar dificuldade para iniciar a sua loja ou se deseja profissionalizar algum aspecto, contratar esse tipo de serviço é uma boa ideia. Além disso, esse tipo de ferramenta pode acrescentar uma nova função ou criar um layout que, sozinho, você não teria conhecimento para fazer.

Escolha um bom serviço de pagamento

É preciso contratar a parte um serviço de processamento de pagamentos confiável e reconhecido pelos consumidores, como PagSeguro, Moip, PicPay e outros. É ele que realiza as transações financeiras com os bancos e as administradoras dos cartões de débito e crédito. As taxas para o processamento das operações giram em torno de 5% do valor da compra.

Use call to action nas postagens

Diga para os seus seguidores o que eles devem fazer, sempre pensando que o objetivo é que a sua loja ganhe o clique deles. Se você tem a atenção do usuário, o que e muito difícil de conquistar devido a algoritmos e competitividade, é preciso assumir o controle dessa relação e direcioná-lo para algo em tom amigável, evitando dar uma ordem.

Faça posts patrocinados estratégicos

Ninguém gosta de ser bombardeado de propagandas, nem mesmo de sua marca favorita. Por isso, seja estratégico ao investir em post patrocinados no Facebook e no Instagram. É possível criar anúncios com função de venda nas redes sociais ou simplesmente difundir uma promoção ou um novo produto, mas é preciso que a ferramenta direcione para a compra na loja dentro da rede social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *