Como começar a poupar dinheiro? Nove dicas para economizar

Postado por Admincursos | 6 de julho de 2017 | Deixe aqui seru comentário

Como começar a poupar dinheiro? Nove dicas para economizar

Entender sobre planejamento financeiro é apenas uma das formas de engordar a sua poupança

Saber poupar é uma virtude que nem todos possuem, mas que pode ser aprendida a qualquer momento, principalmente quando a situação financeira aperta!

Acredite, gastar mais do que se ganha é mais comum do que parece e, definitivamente muito mais fácil do que colocar em prática atitudes que melhoram as finanças. Entretanto, esse período de crise, desemprego e altas taxas de juros aliado ao estímulo pelas compras, parcelamentos e crédito exige cuidados com o dinheiro para que você consiga fazer economia.

Possuir uma pequena poupança dará um verdadeiro alívio para a sua vida. Você poderá fazer planos concretos para o futuro, dos quais você não precisará abrir mão devido à falta de verba. Além disso, se algum imprevisto acontecer e você tiver que desembolsar uma determinada quantia rapidamente, sua poupança poderá salvá-lo.

A sua segurança financeira deve ser levada a sério. Se você não adquiriu bons hábitos de economia desde cedo, é hora de aprender, garantir a sua tranquilidade e, ainda, compartilhar os conselhos a seguir:

Não mexa no dinheiro poupado

Você pode juntar dinheiro no cofrinho ou em uma conta bancária, mas, independentemente do que acontecer, não toque nessa grana, a não ser que seja para dar o destino desejado ou para resolver um imprevisto. Caso contrário, jamais se renda ao pensamento “vou tirar essa quantia hoje, mas no mês que vem eu reponho em dobro”, pois você dificilmente cumprirá e acabará fazendo isso sempre.

Use um aplicativo de gestão financeira

Use a tecnologia a seu favor para manter os gastos em dia. Existem muitos aplicativos que facilitam realizar o controle financeiro de forma efetiva, mas você deve encontrar aquele que atende suas necessidades e com o qual você se adapte. Além disso, é preciso se dedicar a lançar suas despesas e seus lucros no serviço, pois, caso contrário, o app não vai refletir a sua realidade.

Elimine despesas desnecessárias

Será que você realmente precisa jantar fora todos os dias e lavar o carro toda semana? Coloque o custo dessas atividades por mês na ponta do lápis e surpreenda-se com o quanto você poderia economizar se evitar despesas supérfluas. Você não precisa abolir pequenos luxos da sua vida (ao não ser que precise muito fazer economia), mas tente diminuir a frequência dessas despesas ao invés de torná-las praticamente fixas.

Repare nos pequenos gastos

Alguns gastos são tão irrelevantes que passam despercebidos no final do mês. É o caso daquele cafezinho após o almoço, daquela linha de telefone fixo que você nem usa e daquela nova taxa que seu banco acabou de implementar. Fique de olho nesses valores, pois, na maioria das vezes, eles podem ser eliminados da sua vida sem nenhum prejuízo.

Pague suas contas em dia

Atrasar o pagamento de contas acarreta em multas e juros. Pode parecer uma economia pequena, mas, se você sempre esquece de fazer o pagamento na data certa, principalmente das suas despesas fixas, como aluguel, luz, água e celular, o valor pode representar uma boa quantia no final do mês. Tente deixar todas as datas de vencimento próximas ao seu salário para pagar tudo de uma vez só e, se possível, coloque tudo em débito automático (mas não esqueça de verificar se os desembolsos estão sendo realizados corretamente).

Faça um curso de finanças pessoais

Esse tipo de curso pode ser feito por qualquer pessoa, online e quando for possível, mediante um investimento muito baixo para a quantidade de benefícios que ele traz. Com ele, você aprenderá valorizar seu dinheiro, melhorar a sua situação financeira e se planejar para conquistar seus objetivos. Além disso, você também descobrirá a melhor forma de contrair dívida e empréstimos se necessário, evitando que a sua economia seja em vão.

Fique de olho nas promoções

Aprenda a identificar as boas promoções para as suas necessidades. Os supermercados, por exemplo, costumam baixar os preços de alguns produtos durante a semana e aumentar no final de semana, assim como as feiras, que são mais caras pela manhã e mais baratas quando estão terminando. Caso precise adquirir um item sazonal, como, por exemplo, um casaco, se planeje: se você adquirir no verão, pagará mais barato e poderá usar o inverno todo, ou aguarde o fim dos dias frios para aproveitar as promoções e vesti-lo nas férias ou no próximo ano.

Faça um bico

Se você tem tempo livre, um talento disponível ou uma paixão reprimida, você pode trocá-los por dinheiro! Encontre uma atividade extra que você possa iniciar com baixo investimento, como, por exemplo, passear com os cães do seu bairro, maquiar uma amiga para a balada ou vender brigadeiro no escritório. Para aumentar sua visibilidade e o número de solicitações, faça anúncios em plataformas e apps de serviços. Para essa técnica realmente ajudar na economia, o dinheiro a mais deve servir apenas para ser poupado.

Guarde as moedas

É uma ideia simples e eficiente, pois quase ninguém gosta de andar com o troco do ônibus, da padaria e da xerox na carteira ou no bolso. No início, você ficará desestimulado ao ver apenas alguns trocados, mas, com o passar do tempo, você verá cada vez mais volume. Evite contar quanto você tem: deixe acumular uma boa quantia e se dirija a um local que faça a troca de moedas. Em supermercados, por exemplo, você ganha um brinde se tiver mais de certa quantia em moedas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *