Como demitir um funcionário?

Postado por Admincursos | 17 de agosto de 2017 | Deixe aqui seru comentário

Como demitir um funcionário?

A demissão é mais delicada para o funcionário. Lembre-se disso antes de demitir e inicie imediatamente um novo processo de recrutamento e seleção

Demissões fazem parte do ambiente corporativo e, se você possui um cargo de liderança, mais cedo ou mais tarde vai ter que aprender a fazer isso e a lidar com um novo processo de recrutamento e seleção. Com alguns cuidados, o desligamento de um funcionário pode ser menos traumático e estressante, tanto para quem vai dar a notícia quanto para quem vai recebê-la.

Sendo um gestor, muitas vezes você se sente responsável pelas oportunidades de seus funcionários e isso torna o momento da demissão muito mais difícil. No entanto, para quem está sendo dispensado, a experiência é ainda mais desagradável pois, além de perder a sua posição profissional, o agora ex-funcionário perde a sua fonte de renda fixa.

Saber como dar a notícia evita que a demissão se torne algo ainda pior do que já é. A melhor forma de amenizar a situação é mantendo com a sua equipe uma cultura de comunicação aberta, em que cada funcionário sabe se o seu papel está sendo proveitoso para a empresa. Essa cultura sem dúvidas é uma tarefa de longo prazo, mas é a principal forma de tornar o desligamento de um colaborador mais tranquila.

Se você ainda está trabalhando nesse processo ou mesmo se a comunicação entre gestores e funcionários já tiver se tornado eficaz, existem maneiras de facilitar essa delicada conversa, como:

Dê a notícia pessoalmente e em particular

Dessa forma será muito mais difícil para você, mas o ponto mais importante na hora de demitir é amenizar o impacto da notícia para o funcionário. Por isso, leve-o a uma sala reservada para não o expor e esteja presente em pessoa, pois essa simples atitude demonstra que a empresa valorizou todo o seu esforço.

Leve uma terceira pessoa para a sala

Solicite a presença de um profissional do RH. Ele servirá como testemunha e poderá responder dúvidas sobre os procedimentos de demissão. Além disso, não há como prever o comportamento do ex-funcionário e ele pode perder a cabeça e ficar agressivo. Com uma terceira pessoa no local, ele ficará menos propenso a agir dessa forma. Se acontecer, chame a segurança ou a polícia.

Não enrole

Uma das piores coisas a fazer nesse momento é adiar a mensagem, pois o funcionário já estará naturalmente ansioso em uma conversa a sós com o chefe. Uma de suas primeiras frases deve ser algo como “Fulano, quero comunicar que a partir de agora você não vai continuar trabalhando aqui pelo motivo tal”. Dessa forma, o colaborador não confundirá a demissão com uma bronca.

Explique a motivação

Explicar a razão de forma clara e breve é preciso, recorrendo aos episódios responsáveis pela decisão, mas evite discussões com o funcionário que está sendo desligado. Não use expressões como “estamos realizando um corte de custos” ou “estamos em processo de mudança” se elas não forem verdadeiras. Dessa forma, ele não irá atribuir a demissão a motivos equivocados e terá a chance de aprimorar seus pontos fracos.

Não peça desculpas

Pedir desculpas ou dizer algo como “isso é muito difícil para mim” pode sugerir que você não está confortável com a decisão, abrindo uma brecha para que o colaborador questione se a demissão é justa. E ainda, a situação é muito pior para o funcionário, então não seja egoísta ao colocar seus sentimentos em primeiro lugar. Se precisar, desabafe com outra pessoa depois.

Seja breve

Uma reunião para demitir um empregado deve durar, no máximo, 15 minutos. Não se trata de uma conversa, e sim de um comunicado direto. Se o funcionário precisar de mais tempo para esclarecer questões burocráticas, você pode deixá-lo a sós com o profissional do RH.

Leve tudo por escrito

Logo após uma demissão, é comum que o ex-colaborador fique confuso e pode não se lembrar dos detalhes do desligamento. Como ele não poderá utilizar o e-mail depois de ser dispensado, você deve levar impressas todas as informações referentes ao assunto, inclusive o procedimento para receber os benefícios.

Avise a sua equipe

Seu time também será impactado com a notícia, tanto devido aos trabalhos realizados com o ex-colega quanto pela companhia diária. Logo após a demissão, antes que os rumores se espalhem, reúna sua equipe e explique brevemente o ocorrido, sem entrar em detalhes que exponham o demitido. Aproveite o momento para lembrar sobre o que, como líder, você espera de seus funcionários.

Faça um curso de recrutamento e seleção

Um curso de recrutamento e seleção não é apropriado apenas aos profissionais do RH, mas também a todos os líderes. Você vai aprender a fazer a triagem de currículos, estabelecer as qualificações do cargo e avaliar um candidato na entrevista, pois essas tarefas farão parte da sua rotina se você precisa substituir o funcionário recém demitido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *