Gestão de Conflitos nas Organizações, Como Você Pode Sobressair e Resolver Esses Problemas

Postado por Admincursos | 14 de novembro de 2017 | Deixe aqui seru comentário

Gestão de Conflitos nas Organizações, Como Você Pode Sobressair e Resolver Esses Problemas

Saber lidar com os desentendimentos, agir de forma coerente, empática e racional pode te destacar no mercado de trabalho

É comum que em um ambiente com muitas pessoas, alguns conflitos apareçam principalmente no que diz respeito ao âmbito profissional.

Os desentendimentos nem sempre significam uma coisa ruim. Na maioria das vezes, eles acontecem pela discórdia de opiniões ou objetivos, gerando um choque entre duas ou mais pessoas.

O fato, é que eles estão presentes em qualquer agrupamento de seres humanos e é necessário que um mediador atue de forma imparcial para tentar resolvê-los da melhor maneira.

Dentro das empresas, este papel fica incumbido aos cargos de liderança, que visam identificar o foco do problema e encontrar soluções para que nem os funcionários, nem a empresa saiam perdendo com isso.

Brigas no Trabalho

Entretanto, nem sempre o profissional mediador consegue realizar esta tarefa, pois apesar de ter o conhecimento, em alguns casos, ele pode não conhecer muito bem aqueles que estão envolvidos na situação.

Nestes momentos, atuar na gestão de conflitos nas organizações, mesmo que essa não seja sua função, faz com que você consiga se destacar no meio dos outros colaboradores. Então nesse momento, não seja o juiz da história!

Por estar vivenciando as situações, quem está mais próximo consegue ter um olhar mais clínico do fato e assim mediá-lo de forma mais eficiente possível.

 

Conheça Bem Os Colaboradores 

Conhecendo os colaboradores

Considerados peças fundamentais dentro de uma organização, os colaboradores são os pilares que sustentam as empresas.

Um dos maiores desafios na gestão de pessoas é conhecer a fundo cada funcionário, para conseguir identificar o perfil de cada um deles, a fim de encontrar a melhor maneira para comunicar-se com eles. Obtenha uma relação interpessoal no seu trabalho.

A interação é um processo fundamental para que se crie um diálogo entre os colaboradores, promovendo a troca de ideias e conhecimentos, aproximando-os e evitando que os conflitos aconteçam.

 

Trabalhe Sua Empatia 

Trabalhando a Empatia

Uma das características fundamentais na gestão de conflitos nas organizações é saber se colocar no lugar do outro.

A empatia consiste em entender as situações que motivaram aquelas pessoas a se colocarem naquela posição.

Nem sempre isso é fácil, mas essa ação é importante para que você consiga encontrar a melhor solução para resolver as questões da melhor maneira.

 

Ouça Os Dois Lados

Ouça os Dois Lados

Antes de tomar qualquer decisão, é preciso ouvir as duas partes para compreender melhor as motivações que deram origem ao conflito.

É importante ouvir atentamente o que cada um tem a dizer sobre o ocorrido, sem expressar opiniões ou realizar comentários, ou fazer julgamentos durante a apuração.

As pessoas precisam saber que você se importa com o que está acontecendo e perceber seu real interesse em ajudá-las e não só em ouvir o que elas têm a dizer.

Esta etapa te ajudará a tomar as decisões baseadas em fatos, não apenas em julgamentos, portanto, é importante ser justo no decreto.

 

Seja Racional 

Sendo mais racional

Para que você consiga resolver os conflitos de maneira imparcial, é essencial que você saiba lidar com a razão e a emoção. Mantenha a calma em situações estressantes no trabalho.

É comum que em determinadas situações, nós acabemos nos comovendo pela história do outro e nos deixemos levar, fazendo com que isso influencie diretamente na decisão.

Mas, quando estiver mediando os problemas, é importante deixar de lado a parte emocional, focando apenas na questão racional do conflito.

 

Promova o Diálogo 

Promovendo o diálogo

Após analisar a situação de uma maneira geral, o ideal é que você procure mediar uma conversa entre ambas as partes para tentar resolver o desentendimento por meio do diálogo.

É essencial estimulá-los a ver a situações de outro ângulo, expondo seus argumentos e apresentando propostas para solucionar o problema em questão, buscando o equilíbrio entre ambas as partes.

Essas ações automaticamente os fazem refletir sobre seus erros e, além disso, garante que ambos saiam satisfeitos com a decisão.

Vale ressaltar, que atuar na gestão de conflitos nas organizações requer jogo de cintura, para lidar com as diferentes situações encontradas e mediá-las de forma transparente e justa.

Gostou? Confira também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *