Tecnologia na educação: Saiba Como Utilizar os Recursos de Informática

Postado por Admincursos | 7 de maio de 2018 | Deixe aqui seu comentário

Tecnologia na educação: Saiba Como Utilizar os Recursos de Informática

Use a tecnologia na educação ao favor de um ensino mais prático para você e de muito mais qualidade para os alunos

Quem trabalha na área da educação e ainda não utiliza a informática para aprimorar as aulas está defasado. O uso da tecnologia na educação já é uma realidade acessível que torna o dia a dia muito mais prático e garante um ensino de qualidade.

O acesso dos professores à tecnologia é praticamente universal: em 2011, apenas 15% possuía um smartphone, enquanto que, em 2016, 91% dos mestres brasileiros contavam com o dispositivo, segundo a pesquisa TIC Educação, do Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação (Cetic).

A mesma pesquisa mostra que 98% das escolas públicas contam com computadores de mesa, 95% delas têm acesso à internet e 81% possuem laboratórios de informática. No entanto, o uso dos laboratórios só é feito por 59% das instituições.

A tecnologia já vem sendo usada dentro da sala de aula desde quando surgiu a lousa e o giz, passando pelo projetor de transparências e a fotocopiadora, até finalmente chegar ao computador, notebook, tablet e smartphone. 

A principal questão hoje em dia não é mais se a tecnologia será empregada, mas como.

Como usar a tecnologia na educação

Existem muitos tipos de ferramentas digitais que facilitam o trabalho do professor e melhoram o aprendizado dos alunos, mudando as formas de ensinar e aprender. Descubra como os recursos de informática podem ser aliados:

Plano de aula

O planejamento das aulas feito pelo educador é fundamental no processo de aprendizagem dos alunos. Para que esse material leve o profissional a aprender, pesquisar e refletir, o uso da informática é muito bem-vindo.

Existem centenas de possibilidades para planejar as aulas. Você pode utilizar uma tabela no Excel ou uma apresentação no Power Point. Também é possível se organizar com calendários de gerenciamento online, como o Trello, ou baixar modelos de planos em sites.

Para criar o conteúdo de suas aulas, utilize a internet. Há uma infinidade de conteúdo educacional gratuito e de alta qualidade oferecido por outras escolas, governos, ONGs e empresas para incluir nas suas aulas.

Incentivo à leitura

Segundo pesquisa do Instituto Pró-Livro (IPL), 44% dos brasileiros não lê livros, uma atividade importante para o aprendizado. Usando a tecnologia na educação, você pode incentivar esse hábito positivo nos seus alunos.

Você pode variar os formatos de leituras. Os alunos não precisam ler o livro físico, mas podem ler em tablets, smartphones ou em e-readers. O audiolivro também é uma boa opção para ser trabalhado dentro da sala de aula, inclusive em outros idiomas.

É muito importante que o professor ofereça boas fontes de leituras aos estudantes. Não deixe de recomendar sites de jornais e revistas, de livros gratuitos, de universidades e de projetos, como o projeto Gutemberg, além de aplicativos gratuitos voltados à leitura.

Personalização

Para a nova geração de estudantes, a identificação com os conteúdos trabalhados em sala de aula é essencial para despertar o interesse pelo aprendizado, colocando o aluno no centro do processo educacional.

Algumas plataformas online permitem que o conteúdo seja customizado, por exemplo, pela região, pelas preferências dos alunos e de acordo com as necessidades dos estudantes, permitindo explorar seus pontos fortes e sanar as dificuldades de aprendizado.

As estratégias on-line para a personalização da educação também permitem trabalhar individualmente com o aluno, favorecendo sua autonomia, melhorando a aprendizagem e desenvolvendo-o integralmente. Aproveite e aprenda seis termos de informática essenciais para você!

Bullying

Dados do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), de 2017 revelam que uma a cada quatro crianças e adolescentes já foi tratada de forma ofensiva na internet, e os números só têm crescido. O impacto na vida dos alunos pode ser brutal.

A tecnologia na educação pode ajudar – e muito – a conscientizar as crianças e os jovens sobre esse mal, combater o cyberbullying, incentivar a adoção de boas práticas on-line e orientar na busca por auxílio.

Conheça bons exemplos

Por todo o mundo, não faltam exemplos de como a tecnologia tem sido usada para aprimorar o acesso e a qualidade de educação, inclusive no Brasil.

Em São Paulo, a Escola Estadual Orígenes Lessa implementou uma plataforma on-line personalizada para as aulas de reforço das disciplinas de português e matemática. As aulas agora acontecem no laboratório de informática da instituição com o suporte de um game.

A plataforma ajuda a ensinar os alunos e aumenta o engajamento nessas disciplinas. O professor também tem a oportunidade de trabalhar de forma individualizada e ajudar nas dificuldades dos estudantes.

Já em Piraí, no interior do Rio de Janeiro, os alunos das escolas públicas receberam um notebook de baixo custo da prefeitura e os professores estão aproveitando essa ferramenta para ampliar a aprendizagem na sala de aula.

Os dados, como sites e programas mais acessados, tempo de navegação e progresso dos alunos nas atividades on-line, ficam disponíveis para análise e são usados por toda a equipe pedagógica da escola para planejar as próximas estratégias. 

Cursos que você pode fazer

Para entender mais e descobrir formas de inserir a tecnologia no seu dia a dia de trabalho, você pode ir se familiarizando com as ferramentas que você tem disponível e realizando alguns cursos, como:

– Informática Básica: aprenda noções básicas sobre computadores, internet, informática, aplicativos e muito mais.

Informática na Educação: descubra como aplicar a informática na educação de forma produtiva e didática.

– Planejamento de ensino: aprenda a fazer um planejamento de aula bem-feito para ter sucesso e tranquilidade na sala de aula.

– Bullying: conheça os diversos tipos de bullying – inclusive o cyberbullying – para identificar, prevenir e acabar com esse mal.

– Segurança na Internet: saiba como proteger a si mesmo e a seus alunos de invasões, como evitar o roubo de senhas e qual é o melhor antivírus.

O que você achou das nossas dicas? Aproveite para conhecer melhor o Cursos 24 horas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *