Por que a segurança na internet é tão importante?

Postado por Admincursos | 19 de novembro de 2018 | Deixe aqui seu comentário

Por que a segurança na internet é tão importante?

Descubra mais detalhes sobre a área de segurança e o que fazer para surfar nessa onda

O mundo está cada vez mais conectado e, apesar dos benefícios, esse cenário também traz consigo alguns problemas. Um deles é o aumento do índice de invasões e roubo de dados.

Basta acompanhar as notícias do Brasil e do mundo para ouvir sobre os frequentes vazamentos de informações em empresas globais, o que impulsiona um número cada vez maior de companhias em busca de melhorar a segurança em seus sistemas e plataformas.

Mas, o que é segurança na internet e por que isso é tão importante? Você confere mais detalhes sobre isso agora mesmo. Além de descobrir o que fazer para aproveitar essa tendência para buscar recolocação profissional. Continue lendo.

O que é a segurança na internet?

Entende-se como segurança na internet o conjunto de medidas que visa proteger dados sensíveis enquanto uma pessoa navega na internet ou enquanto determinado dispositivo está online, conectado à uma rede.

Na prática, vamos supor que você tenha uma loja virtual de sapatos. Para comprar nessa loja, os seus clientes precisam criar cadastros contendo dados pessoais importantes como nome, número de documento (CPF, RG), endereço e dados bancários.

Um site seguro protege esses dados de roubo de informação, impedindo que números de cartão e documentos pessoais caiam em mãos erradas.

segurança na internet

Não deixe de ver – 04 Dificuldades que você deve vencer para fazer cursos pela internet!

Por que a segurança na internet é fundamental para empresas?

Antes de mais nada é importante saber que a segurança na internet deve ser uma preocupação de todos aqueles que acessam à rede, sobretudo as empresas. Mas, por que as empresas precisam se preocupar com isso?

Se você já sabe o quanto é perigoso ter os dados de uma única pessoa roubados, imagine o tamanho do prejuízo quando esse roubo acontece em larga escala, em empresas cuja base de dados possui centenas de milhares de clientes.

Quer um exemplos reais? Não muito tempo atrás, Mark Zuckerberg, presidente-executivo do Facebook, confessou que uma falha na segurança da plataforma permitiu que dados pessoas de 50 milhões de usuários foram vazados por aí.

50 Milhões de usuários é mais do que toda a população da Colômbia junta!

Outra rede bastante famosa que teve problemas quando o assunto é segurança foi o Instagram. Uma falha na plataforma permitiu que hackers tivessem acesso a dados sensíveis de milhares de usuários, dentre eles celebridades que tinham a conta verificada.

Segundo comunicado da empresa, “Nenhuma senha de conta foi exposta. Nós solucionamos o erro rapidamente e estamos realizando uma investigação minuciosa”. Mas o negócio é que os criminosos estavam vendendo o acesso a essas contas no eBay. Para quem não conhece, o eBay é tipo o Mercado Livre dos Estados Unidos, basicamente.

Mas não para por aí, basta pesquisar por “dados de usuários vazam” para encontrar centenas de exemplos. Spotify, MyFitnessPal, Google Groups são mais alguns aplicativos que acabaram se tornando vítimas das falhas de segurança.

As consequências desse tipo de coisa envolvem prejuízo monetário, processos, perda de valor de mercado, reparação de danos, perda de confiança e suspeita de fraude e por aí vai. O negócio não é brincadeira não.

Cenário favorável para profissionais de segurança na internet

Em meio a isso tudo, aumenta cada vez mais o mercado de computação nas nuvens. Você sabe o que é isso? Por nuvem pode-se entender algo como uma memória de computador infinita e que não é física, é online.

Os responsáveis por administrar o que vai e o que não vai para a nuvem são as empresas que atuam no mercado de “cloud computing”, que ao pé da letra significa “computação das nuvens”.

Cada vez mais as empresas têm deixado os HDs para trás e migrado sua base de dados para a nuvem. Os motivos são vários, desde o fácil acesso, pois um executivo pode acessar estoque, vendas e até monitorar funcionários pelo seu celular, de onde estiver, até a segurança que esse tipo de armazenamento oferece.

Com isso, a demanda por profissionais especializados em segurança virtual, segurança na internet e segurança da informação cresce cada vez mais.

Veja também – Cursos profissionalizantes: como eles aumentam suas chances na área.

Como aproveitar essa demanda para buscar recolocação profissional

Se você quer saber como se beneficiar desse cenário para, finalmente, conquistar uma boa oportunidade de trabalho. Ou, se você que já trabalha mas gostaria de migrar para a área de segurança na internet, mas não sabe como fazer. O primeiro passo é buscar conhecimento.

Hoje em dia existem vários cursos online acessíveis para todos os bolsos, e que podem servir como um importante primeiro passo. Afinal, é preciso conhecer desde os fundamentos e princípios básicos para, só então, colocar realmente a mão na massa.

O curso de segurança na internet mostra quais são falhas mais comuns na internet e ensina os alunos como se proteger delas. Evitando, assim, o vazamento de arquivos, senhas e cadastros de clientes, por exemplo.

segurança na internet

Além disso, quem é que nunca sentiu calafrios só de pensar em ter a máquina infectada por um vírus? O curso também aborda o assunto de forma completa e dinâmica, assim você vai passar a entender como é que isso funciona.

Agora que você já sabe o quanto a segurança na internet é fundamental e tem noção de como os profissionais dessa área são necessários nos dias atuais, que tal começar o projeto recolocação no mercado de trabalho? Invista em cursos online e entre de cabeça nessa profissão que já é tendência no presente e continuará sendo no futuro. 

Comece agora mesmo: Curso de Segurança na Internet por apenas R$20,00 reais – Sem Mensalidades!

Blog Cursos 24 Horas

Aqui no Blog você fica por dentro do universo do Cursos 24horas, além de novidades e tendências para o seu estudo.

Conheça os nossos cursos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *