Entenda a gramática para concurso e não faça feio na hora da prova

Postado por Admincursos | 21 de março de 2019 | Deixe aqui seu comentário

Entenda a gramática para concurso e não faça feio na hora da prova

Dicas de gramática e uma forma de potencializar os seus estudos.

Passar em um concurso público está dentro dos seus objetivos de carreira? Pois saiba que além de muita dedicação e estudos, bons resultados existem algumas coisas e o entendimento da língua portuguesa é uma delas.

Neste artigo você vai conhecer algumas dicas de gramática para concurso que vão lhe ajudar durante o processo seletivo. E para descobrir uma maneira econômica de começar hoje mesmo a estudar gramática e redação sem precisar sair de casa basta ler até o final.

Leia também: Lista dos principais Concursos Públicos para você ficar por dentro em 2019

Novo Acordo Ortográfico

Você sentiu um arrepio só de ler o título deste tópico? Se sim, saiba que não há motivos para nervosismo. As mudanças trazidas pelo Novo Acordo Ortográfico estão em vigor desde 2009, mas ainda hoje há muita confusão sobre algumas de suas regras. Confira as principais:

Hífen

Aquele tracinho que parece inofensivo, muitas vezes causa uma baita confusão em artigos e redações por aí. Isso porque com a Nova Ortografia, suas regras sofreram algumas alterações. São elas:

  • Para marcar a separação de letras iguais mantém o hífen

Em outras palavras, quando um prefixo termina com a mesma letra da inicial seguinte, haverá um hífen para marcar essas letras iguais.

Exemplo: Anti-inflamatório; Micro-ônibus; Micro-ondas.

  • Letras diferentes não há hífen

Ao contrário do caso anterior, quando o prefixo terminar com letra diferente da inicial seguinte, não haverá hífen.

Exemplo: Antioxidante; Contratempo; Anticoncepcional.

Acentuação dos ditongos “OI”, “EI”, “EU” em paroxítonas

Para quem não sabe, o ditongo é caracterizado pela união de duas vogais em uma separação silábica. Já paroxítonas são as palavras cuja sílaba pronunciada com mais força (tônica) está localizada na penúltima sílaba da palavra.

Exemplo: Ideia; alcateia; heroico.

Acentos diferenciais

Algumas palavras cuja grafia é idêntica podiam ser diferenciadas por meio de acentos. No entanto, várias delas perderam essa diferenciação por acentuação e agora dependem mesmo é do contexto.

Exemplo: Pera (fruta); para (verbo); polo (substantivo); pelo (cabelo).

Crase

Uma ferramenta que tem o papel de simplificar a vida de quem lê e escreve, mas que acaba virando um pesadelo para quem não é muito amigo da gramática. A crase é mais simples do que pode parecer e representa a junção entre a (preposição) + a (artigo) ou pronomes demonstrativos “aquele”, “aquela” e “aquilo”.

Exemplo: Ela acabou de chegar à cidade; Leve esta cesta à ela; Não posso deixar de ir àquele evento.

Existem também algumas exceções e casos específicos sobre o uso da crase, que devem ser estudados com muita atenção. Por isso, é fundamental caprichar nos estudos sobre língua portuguesa antes de prestar qualquer concurso público, certo?!

Leia também: Como programar seu calendário de estudos e não se perder no caminho

Palavras parecidas que são diferentes

É, realmente não dá para negar a gramática tem lá suas peculiaridades. Esse monte de palavra com sonoridade idêntica, mas com significado diferente, serve como exemplo. Cessão, sessão ou seção? Por que, porquê, por quê ou porque? Tudo isso faz parte do conjunto de temas de gramática para concurso que não podem ser deixados de lado.

  • Sessão x cessão x seção

Como não dá para debater sobre a invenção dessas palavras, o que nos resta é aprender os seus significados. Sessão diz respeito a um espaço de tempo, ou seja, um período do dia em que algo aconteceu “sessão de ioga”, “sessão de terapia”, “sessão de cuidados com a pele”.

Já cessão diz respeito ao ato de ceder alguma coisa. “Ato de cessão” é ato em que determinada coisa foi cedida, ou concedida, tanto faz. Veja essa manchete do site Valor Econômico “Governo deve pagar US$ 9 bi à Petrobras por acordo de cessão onerosa”.

Por último, mas não menos importante, temos seção. Seção tem o significado de “divisão” ou “espaço físico”. Por exemplo “Aquela é a seção de salgadinhos”, “Vamos à seção de contabilidade”.

  • Por que x porque x por quê x porquê

Quem nunca ficou maluco tentando decifrar quando é o momento certo de escolher um “Porquê” ou um “por que”? Pois saiba que, com muito treino, até que decifrar o que pode ser chamado como “Enigma dos porquês” não é impossível.

O por que pode ser tratado como sinônimo de “por que razão” e por isso tem o seu lugar reservado no começo das perguntas ou nas perguntas indiretas.

Exemplo: Por que você está me dizendo isso?; Quer entender por que os animais merecem todo o carinho do mundo?; Descubra por que manga com leite não faz mal.

Já o nosso próximo amigo, o porque, pode ser tratado como sinônimo de “pois”. Ou seja, surgiu a necessidade de botar um porque na frase, leia com o pois e veja se faz sentido. Se fizer, é a vez do porque – junto e sem acento.

Exemplo: Pintei o cabelo de verde porque acho que combina comigo; Vendi a bolsa porque você demorou muito para vir buscar.

O por quê – separado e com acento – virá sempre no final de uma frase e antes do ponto de interrogação.

Exemplo: Vi que não está usando chapéu, posso saber por quê?;

Leia também: Dicas de português para concurso: 09 erros que você não pode cometer!

Comece a estudar com um Curso de Escrita e Redação

Antes que você pense “Não tenho dinheiro” ou “Não tenho tempo”, saiba que o Curso de Escrita e Redação do Cursos 24 Horas é muito flexível e mais barato do que qualquer um pode imaginar. Nada de mensalidades – o valor é único – R$35 em uma única parcela.

E o preço nem é a melhor parte. O curso aborda toda a parte de gramática para concurso que vai lhe ajudar a conquistar aquela vaga que você tanto deseja. Confira alguns dos temas abordados:

  • Como escolher as melhores palavras para a sua redação;
  • Os mistérios da Nova Ortografia;
  • Principais diferenças entre tema e título;
  • Os 10 mandamentos de um bom texto;
  • Erros comuns na hora de escrever.

Comece a estudar gramática para concurso agora mesmo e aproxime-se ainda mais do seu objetivo!

Melhore sua escrita por apenas R$35,00 – Sem mensalidades!

Blog Cursos 24 Horas

Aqui no Blog você fica por dentro do universo do Cursos 24horas, além de novidades e tendências para o seu estudo.

Conheça os nossos cursos

Deixe uma resposta para João Guilhermino de Macedo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *