Terapia cognitivo comportamental: você já sabe o que é?

Postado por Admincursos | 16 de maio de 2019 | Deixe aqui seu comentário

Terapia cognitivo comportamental: você já sabe o que é?

Entenda como funciona essa vertente terapêutica

Não há dúvidas de que os métodos terapêuticos são essenciais para o tratamento de condições psicológicas e emocionais e também para o fortalecimento dessas áreas, e a terapia cognitivo comportamental (ou TCC) é uma variante que vem fazendo sucesso.

Seu conceito é diferente dos demais tipos de terapia e pode fazer com que os pacientes consigam melhorar sua saúde mental com uma abordagem específica, a qual pode trazer resultados nítidos e a curto prazo.

Vamos aprender mais sobre essa terapia, suas raízes históricas, como funciona e quem pode procurar por sua realização.

O que é a terapia cognitivo comportamental?

Em suma, é uma abordagem derivada da psicoterapia que se baseia no conceito de que é a forma que cada pessoa vê, pensa, reage e sente determinado acontecimento que a impacta, não o acontecimento propriamente dito.

Em termos mais técnicos, ela compreende que a maneira que os humanos interpretam os acontecimentos de suas vidas é o que realmente afeta seus sentimentos e emoções, não aquilo que aconteceu.

Qual é sua história?

A origem filosófica de alguns dos aspectos fundamentais da terapia cognitivo comportamental vem de tradições antigas, em especial o estoicismo, escola de filosofia helenística fundada por Zenão de Cìtio em Atenas, por volta do início do século III a.C.

Certos filósofos dessa escola, em especial Epiteto, acreditavam que a lógica poderia ser usada para identificar e descartar falsas crenças que levavam a emoções destrutivas. Isso influenciou a forma com a qual os terapeutas modernos da TCC identificam distorções cognitivas relacionadas à depressão e ansiedade.

Aaron T. Beck, psiquiatra que é considerado como o fundador da terapia cognitivo comportamental em sua abordagem moderna, afirma que as origens filosóficas da terapia cognitiva podem remontar aos filósofos estóicos.

Foi no início da década de 1960 que Beck fundou os conceitos modernos da TCC, através da proposição inicial de um modelo cognitivo da depressão, o qual também evoluiu para tratar e entender o funcionamento de outros transtornos.

Veja também: Conheça a área de psicologia e escolha o curso ideal para você

Como a terapia cognitivo comportamental funciona?

Terapeuta conversando com paciente mulher

Através da identificação de padrões de pensamento, comportamento, hábitos e crenças que aparecem na origem dos problemas. Com isso, são aplicadas técnicas para mudar tais percepções e fazer com que elas assumam uma forma positiva e benéfica.

Como muitas situações estão fora de nosso alcance, não é possível controlá-las, o que pode fazer com que a pessoa sinta tristeza, ansiedade, nervosismo e outros sentimentos negativos e prejudiciais à sua saúde mental.

Com a aplicação das técnicas de terapia cognitivo comportamental, o intuito é fazer com que a pessoa reaja de uma maneira diferente a tais situações, o que evitaria os sentimentos negativos e faria com que ela lidasse com a questão de uma maneira mais tranquila.

Quando os sistemas de significados do paciente são modificados, os comportamentos resultantes tendem a ser favoráveis e permitir que se obtenha uma experiência mais saudável.

Para que este aprendizado seja possível, é necessário que o paciente passe por sessões de TCC com um psicólogo, que analisará quais são os pensamentos, comportamentos e sentimentos envolvidos em diferentes situações que lhe acontecerem.

Quando esse estudo é feito, é possível relacionar padrões de comportamento, os quais são responsáveis pelas percepções e crenças para as experiências que vivem.

De acordo com tais padrões, o terapeuta indicará ao seu paciente qual é a melhor maneira de proceder através da definição de metas que devem ser seguidas sempre que possível. Essa desconstrução e reformulação é o intuito da terapia cognitivo comportamental.

Exemplo do funcionamento da TCC

Os benefícios da terapia cognitivo comportamental são reais, mas para quem ainda não conhece muito bem como ela funciona, o melhor é conferir em um exemplo prático.

Suponha que você precise conversar um assunto sério com uma pessoa, seja amigo, parente ou cônjuge. Então, antes mesmo de chegar a hora, a mente fica pensando em situações desfavoráveis, como uma resposta inesperada ou negativa.

Então, com isso, chegam o nervosismo, a ansiedade, a tristeza e o descontentamento, que por sua vez prejudicam a esperada conversa e podem passar uma sensação diferente à outra pessoa do que aquela desejada, além de trazer pensamentos negativos e desconfortáveis.

Isso ajuda a compreender o funcionamento da terapia cognitivo comportamental. Através da quebra dos padrões mal adaptativos, a pessoa consegue lidar de uma maneira muito melhor com cada situação e, assim, evitar momentos negativos e suas consequências destrutivas.

Quem pode procurar por sessões de TCC?

Todas as pessoas, independente de idade ou sexo. Este é um dos maiores benefícios proporcionados pela terapia.

Algumas das principais indicações são as seguintes:

  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Transtornos alimentares;
  • Traumas;
  • Dependência química;
  • Transtornos psicossomáticos;
  • Dificuldades em relacionamentos interpessoais;
  • Estresse;
  • Problemas de aprendizagem;
  • Interesse em desenvolvimento pessoal;
  • Outras situações da vida.

Caso o paciente sinta que precisa da terapia cognitiva comportamental para alguma necessidade, ele não deve hesitar em procurar por um terapeuta para ser ajudado e entender como reprogramar seus padrões de comportamento para ter uma vida mais saudável.

Como aprender sobre a terapia cognitiva comportamental?

O primeiro passo pode ser a realização de um curso de terapia cognitivo comportamental, onde o assunto será explicado em suas questões teóricas e práticas para que os terapeutas possam compreender essa abordagem.

O início se dá através de uma introdução, seguida dos fundamentos, mitos e esclarecimentos que envolvem o assunto. Posteriormente, trata-se do processo terapêutico, dos tipos de atendimento e dos tipos de transtorno, o que ajudará o profissional a lidar melhor com seus pacientes.

A abordagem pode ajudar a solucionar questões complicadas dos pacientes e, assim, fazer com que eles tenham uma vida saudável, frutífera e repleta de alegrias. Além disso, quando os momentos difíceis chegarem, sua reação a eles mudará os sentimentos que afloram automaticamente.

Aprenda mais sobre a terapia cognitivo comportamental em um dos cursos online da Cursos 24 Horas e desenvolva os conhecimentos necessários para lidar com o assunto. Assim, você poderá atender aos seus pacientes com uma nova abordagem e proporcionar melhorias reais em suas vidas!

Conheça nossos cursos na área de Psicologia! A partir de R$ 45,00 – Sem Mensalidades!

 

Blog Cursos 24 Horas

Aqui no Blog você fica por dentro do universo do Cursos 24horas, além de novidades e tendências para o seu estudo.

Conheça os nossos cursos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *