Tipos de bolsa para estudar no exterior

Postado por Admincursos | 29 de agosto de 2019 | Deixe aqui seu comentário

Tipos de bolsa para estudar no exterior

Realize o sonho de estudar fora do país!

Poder ser escolhido para uma das bolsas de estudo no exterior é um grande desejo de muitos estudantes, que desejam fazê-lo tanto pela qualidade de ensino quanto pela oportunidade de viajar para fora do país.

Porém, ao mesmo tempo em que esse é um desejo bem vivo, nem todos sabem exatamente o que devem fazer para estar aptos a concorrer a tais bolsas, algo que pode, literalmente, mudar o destino de suas vidas.

Para lhe ajudar, nós separamos alguns dados e estatísticas interessantes sobre o assunto, bem como dicas e sugestões que ajudam a conhecer e realizar os passos necessários para tornar o sonho em prática!

Quão grande é o interesse em bolsas de estudo no exterior?

Muito. É isso o que pode ser percebido em uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Agências de Intercâmbio (Belta), a Pesquisa Selo Belta.

Ela trouxe a informação de que havia 365 mil estudantes brasileiros em intercâmbio no ano de 2018, o que representou um aumento aproximado de 20,46% na comparação ao ano de 2017, quando havia 302 mil estudantes nessa situação.

Ao comparar com anos anteriores, o aumento é ainda maior: +48,85% em comparação com o ano de 2016 (245,2 mil estudantes) e 69,21% maior que em 2015 (215,7 mil estudantes), o que indica claramente como a procura por bolsas de estudo no exterior e outras oportunidades similares está em alta.

A mesma pesquisa mostrou que o valor total movimentado pelo setor foi de US$ 1,2 bilhão e que os países preferidos para estudar no exterior são Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, Austrália e Malta.

Ao passo que o Canadá já aparece no topo da lista há 13 anos, a ilha de Malta surpreendeu ao entrar para o top 6 pela primeira vez, o que pode ser explicado pela implantação de uma política em que os intercambistas podem estudar e trabalhar, o que é um belo atrativo para os interessados.

Cursos de idiomas em língua inglesa, de idiomas com trabalho temporário e de férias para adolescentes são os mais procurados, seguidos dos cursos de graduação e do colégio.

Portanto, os números deixam claro o interesse do brasileiro em estudar fora do país, o qual já se mantém há anos, mesmo com períodos de recessão econômica que ocorreram no período.

Como conseguir bolsas de estudo no exterior?

Pessoa estudando para bolsa de estudos no exterior

Esse é um processo que varia de acordo com a bolsa, a instituição e o país escolhido, entre outros detalhes, mas em linhas gerais, os procedimentos são os seguintes:

 

  • Capriche na escola. É fundamental estudar bastante para conseguir bolsas de estudo no exterior, já que o desempenho escolar e acadêmico contam muito para essa questão. Além disso, isso terá que ser mostrado à instituição de ensino desejada, que certamente prezará pelos melhores alunos.

 

  • Não pense apenas no desempenho dentro da escola. Pode soar contraditório quando comparado ao que vimos anteriormente, mas o que queremos dizer é que atividades complementares e extracurriculares não são apenas recomendadas como também apreciadas pelas instituições de ensino.

 

  • Pesquise bastante. Hoje, com o advento da internet e a possibilidade de encontrar o que você procura em questão de segundos, informações sobre bolsas de estudo no exterior estão bem mais acessíveis. Não se esqueça de procurar em fontes confiáveis para não ter o infortúnio de se deparar com dados irreais ou controversos.

 

  • Escolha as instituições de seu interesse. Em conjunto com o que vimos anteriormente, selecione as que estão alinhadas com os cursos e objetivos que você deseja. Geralmente, os sites das universidades e outras instituições possuem uma área especial para estrangeiros interessados em estudar ali. Além disso, também recorra às áreas de contato direto para tirar suas dúvidas.

 

  • Conheça as exigências para as bolsas de estudo no exterior. Para a concessão de bolsas, geralmente é levado em conta o aproveitamento escolar, as condições financeiras ou a demonstração de desempenho fora do comum em arte, teatro, música, esportes e afins. Veja quais são as condições em que você pode se enquadrar.

 

  • Prepare sua documentação. A questão burocrática é essencial para as bolsas de estudo no exterior, já que pode ser preciso comprovar detalhes como escolaridade, disponibilidade, condições financeiras e afins. Depois de entrar em contato com a instituição, tenha certeza de que possui todos os documentos necessários para evitar problemas.

 

  • Não se esqueça das traduções. Para que documentos brasileiros tenham validade no exterior, é necessário recorrer às traduções juramentadas, serviços que mantêm sua validade legal. Tudo o que tiver que ser apresentado à instituição precisa passar pelo processo.

 

  • Prepare o orçamento. Esse processo tem custos envolvidos, que vão desde a emissão de novos documentos, como passaporte e visto (se necessário) até as traduções e afins. O ideal é começar essa preparação com antecedência para evitar ser pego de surpresa.

 

O que fazer quanto ao domínio do idioma?

Essa é uma questão que merece atenção especial, já que ter como se comunicar em outro país é simplesmente fundamental para estar apto a preencher uma das vagas das bolsas de estudo no exterior.

Isso pode ser considerado como um investimento para os estudos que se estende à vida pessoal e profissional, já que ter o domínio de um novo idioma abre uma série de portas em sua vida.

Para tal, é necessário investir em um bom curso de inglês, idioma considerado como universal e que pode ser utilizado em vários países. O curso deve trazer conteúdos atualizados e relevantes para melhorar sua compreensão sobre ele e, assim, permitir que os estudos sejam bem aproveitados.

Depois de fazer o curso e melhorar suas capacidades, vale a pena fazer um exame de proficiência, que certifica o conhecimento do inglês mediante testes aplicados por algumas das melhores instituições de ensino do mundo. Os mais conhecidos são esses, seguidos de quem o aplica:

  • TOEFL (Test of English as a Foreign Language) – ETS.
  • IELTS (International English Language Testing System) – British Council.
  • FCE (First Certificate of English), CAE (Certificate of Advanced English) e CPE (Certificate of Proficiency in English) – Cambridge.

Aproveite o curso de inglês online com certificado oferecido pela Cursos 24 Horas para estar preparado para concorrer pelas melhores bolsas de estudo no exterior e, assim, realizar esse grande sonho!

Blog Cursos 24 Horas

Aqui no Blog você fica por dentro do universo do Cursos 24horas, além de novidades e tendências para o seu estudo.

Conheça os nossos cursos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *