Como é a vida de um agente de viagens?

Postado por Admincursos | 5 de novembro de 2019 | Deixe aqui seu comentário

Como é a vida de um agente de viagens?

Descubra como funciona o dia a dia do profissional que trabalha com turismo

Se o turismo é a sua praia, trabalhar como agente de viagens pode ser uma boa aposta para a sua carreira profissional. Para isso, é necessário se preparar, estudar, buscar qualificação na área e também entender como um agente de viagens atua no dia a dia.

A partir de agora, o Cursos 24 Horas vai dar uma mãozinha para você. A seguir estão reunidas dicas fundamentais para quem deseja ingressar na carreira de agente de viagens, incluindo um passo a passo e uma sugestão de curso online para começar hoje mesmo.

Guia de turismo  x Agente de viagens

Diferente do que muita gente pensa, trabalhar como agente de viagens e guia de turismo são duas coisas completamente distintas. O guia de turismo é o profissional que apresenta os lugares para os viajantes em determinado destino.

Por exemplo, imagine um casal que vai a Foz do Iguaçu e contrata um guia de turismo para explorar o que a região tem de melhor. O guia de turismo irá acompanhar o casal em cada um dos passeios, contar mais sobre a história e fatos curiosos sobre cada ponto de interesse da cidade. Deu para entender?

Por outro lado, ainda usando esse mesmo exemplo, o papel do agente de viagens começa antes mesmo do casal embarcar, atuando como uma espécie de assessor de viagens.

Sendo assim, cabe ao agente elaborar roteiros de acordo com a preferência do casal e vender a viagem como um todo. Entre as principais tarefas que lhe competem, destacam-se:

  • Organizar excursões;
  • Negociar melhores preços;
  • Elaborar roteiros personalizados;
  • Informar as rotas de voos, escalas, horários e tarifas;
  • Definir acomodações que o cliente irá ficar;
  • Prestar informações sobre as viagens, etc.

Leia também: Oportunidades do mercado hoteleiro: saiba em quais áreas você pode atuar

O mercado de turismo no Brasil

Viajar é bom não só para quem embarca, mas também para quem trabalha nesse mercado, especialmente nos últimos tempos. Afinal, o mercado de turismo no Brasil voltou a crescer após um período de baixa provocado pelo contexto de instabilidade econômica.

De acordo com a Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), a procura de viagens para o exterior subiu após dois anos seguidos de queda, o que é motivo suficiente para comemorar.

Para se ter uma ideia, 1,2 milhão de brasileiros embarcaram para o exterior em 2017, contra 954 mil em 2016. E a coisa não melhorou só nas viagens internacionais, não. No turismo nacional, o crescimento também deu as caras e o resultado foi de 4% a mais em quantidade de embarques e 2% em faturamento.

Diante desses números é possível concluir que essa é, sem dúvidas, uma área na qual vale a pena apostar. Por isso, se você já deseja trabalhar como agente de viagens, mas tinha alguma dúvida se vale a pena investir nessa ideia, a dica é: vai fundo!

Mala de agente de viagens

Como se tornar um agente de viagens

Agora que você já sabe o que faz um agente de viagens e também sabe que o mercado de turismo pode ser uma boa aposta, é hora de descobrir, de uma vez por todas, como ingressar na carreira. Para isso, veja a seguir algumas dicas fundamentais:

1. Defina por que você quer trabalhar como agente de viagens

A primeira coisa a se fazer é ter muito claro o motivo que torna o turismo tão atraente para você. É o amor por conhecer lugares novos? É o desejo de proporcionar experiências incríveis para outras pessoas? Procure essa resposta dentro de você.

Essa etapa é primordial, pois a resposta é o que vai lhe dar forças para seguir os passos seguintes. Por isso, depois de encontrar esse motivo, passe para o próximo passo.

2. Estude bastante

Aqui não estamos falando de nenhum curso específico ou faculdade na área de turismo, mas sim conhecimentos gerais sobre lugares do Brasil e do mundo. Afinal, um agente de viagens deve ser um eterno aprendiz e a sua curiosidade deve estar focada, principalmente, em conhecer sobre cidades turísticas, pontos de interesse, costume, alimentação local, entre outros.

Tenha em mente o seguinte: o que difere um bom agente de viagens de um agente mediano é a capacidade de fazer com que o cliente se imagine em determinado destino antes mesmo de pisar lá.

3. Faça um curso na área

A terceira dica sim envolve um curso específico para agente de viagens, pois ele dará a base necessária para quem deseja conhecer mais sobre a legislação e conceitos introdutórios necessários para atuar na profissão.

A boa notícia é que é possível fazer esse curso online, no horário que melhor se encaixar na sua rotina.

Curso de agente de viagens

Neste curso de agente de viagens, mais do que aprender todo o necessário para começar na carreira, você conhecerá como funciona na prática uma agência de viagens, quais são os itens essenciais de um pacote turístico, entre outras informações.

Além disso, terá a chance de acessar tudo por meio de vídeo-aulas dinâmicas e interativas, com um tutor virtual, exemplos e exercícios práticos que ajudam a fixar o conhecimento aprendido. O ritmo das aulas e o local em que deseja estudar ficam por sua conta, e também não há um prazo determinado para concluir o seu curso – depende só de você.

Faz questão de estudar com papéis impressos? Sem problemas! Você pode baixar as apostilas do curso para imprimir e estudar dessa forma. Ao final, receba o seu certificado de conclusão em casa, sem custo adicional.

E aí, ficou com alguma dúvida sobre trabalhar como agente de viagens? Aproveite e inscreva-se hoje mesmo no curso de agente de viagens e comece 2020 já pronto para engatar em uma nova carreira! Boa sorte!

Blog Cursos 24 Horas

Aqui no Blog você fica por dentro do universo do Cursos 24horas, além de novidades e tendências para o seu estudo.

Conheça os nossos cursos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *